Desculpa Maitê! - Carta aberta de um português


Depois de assistir atentamente ao video "caseiro" (aqui mais acima no blog) em que a actriz brasileira Maitê Proença é protagonista enquanto se passeia por solo Luso, acho sinceramente que nós é que lhe devemos um pedido de desculpas e ainda alguns esclarecimentos adicionais.

Claro está que como bons portugueses que somos, com 2 anos de atraso:

1- O "sujeito" da casa de Sintra já mandou virar o nº 3. Já tinha sido alertado por um grupo de meninas brasileiras da casa em frente, que aparentemente estão ilegais no nosso país e se dedicam à pratica da prostituição, que achavam que o nº3 era "uma sem vergonhice", inestético e confundia os clientes. Pedimos desculpa, o erro está corrigido. Não queremos que vão para o Brasil dizer que Sintra parece uma favela.

2- Filha, se continuas a comer pastéis de Belém aos 4 de cada vez muito provavelmente não há cameraman que te valha um dia destes,a não ser que te filme a 20metros de distância e com o plano bem aberto. Provavelmente já só te safas se te filmarem a partir de um helicoptero.
E tanto açucar faz mal aos dentes, aposto que tens a cremalheira toda carcomida. Queres uma consulta num dentista?
Brasileiro claro, nada de portugueses! temos cá uns 4 ou mil... pode ser um Gelson?

3-Bem, vamos lá ver se tu e o "Daniel" conseguem decorar isto:
O Tejo é um rio. ok? O mar tem ondas ...
O Mar (Oceano) no nosso caso é o Atlântico.
Sim, o mesmo que dá lá para o vosso lado e no qual certo dia Pedro Alvares Cabral (este não era técnico de informática...) navegou para vos encontrar com uma parra à frente da fruta enquanto faziam grunhidos com a boca. Agora falam, como nós, o português.
Nós por cá temos esta estranha mania de querer ver o rio a desaguar no mar,somos uns chatos, mas aposto que no Brasil há outra modalidade...mais bem disposta

4- Pinheiro? Bem, se aquilo é um pinheiro eu sou uma nespereira...Santa ignorância...

5- Salazar esteve à frente dos destinos de Portugal entre 1932 e 1968. Contas à moda do Brasil dá 20 anos. Nós temos mais uma vez esta mania de ser perfeccionistas,ora 1968-1932= 36! Ou seja: 36 anos, quase o dobro das contas à Brasileira.
Aposto que se o Professor fosse vivo e soubesse desta sua vontade de ter contas certinhas se tinha demitido com 20 anos de serviço só para lhe fazer a vontade. Portugal agradecia.

5 - Viste o Vasco da Gama "mortinho" no Mosteiro dos Jerónimos foi? Ok. Muito bem.
Não sei bem se estavas à espera de o ver a vender cachorros e chopinhos numa roulotte, ou a fazer sapateado em cima do túmulo, mas infelizmente o homem está morto. Mais uma vez pedimos desculpa por este facto.
Há um centro comercial com o nome dele na zona da Expo, anda lá muita gente aparentemente viva, se calhar é um sitio mais animado e indicado para passeares com o Daniel.Quanto ao Camões não foi bem não gostar de aí estar, mas soube que vocês iam passar a visitá-lo e pediu para ser transladado.Sorry... ele é um bocadito xenófobo.

6- O Jardim interior de um Mosteiro, vulgo claustro, não é bem um páteo, mas tudo bem. Provavelmente se D. Manuel fosse um Rei Brasileiro (se alguma vez na vossa história tivessem tido um que não fosse português)no lugar do claustro teríamos um monte de areia e um campo de futebol de praia, ou um sambódromo, mas como esta coisa da Monarquia é assim um bocatido assim para o conservadora ficámo-nos pela relvinha, pelos canteiros, e por vezes uma fonte se estivermos para loucuras.Como podes ver D. Manuel era um desse malucos progressistas.

7- Ainda bem que esperaste que a equipa de portugueses que te andava a apaparicar se retirasse para poderes gozares com eles mais à vontade. E desculpa eles estarem a imcomodar-te em pleno Mosteiro dos Jerónimos, que como todos sabemos é solo brasileiro.

8- Eu não sei se é muito comum no Brasil ligarem para as recepções do hotel a pedir técnicos de informática,nós por cá ficamo-nos normalmente por coisas menos extravagantes. Tipo comida, bebida, umas almofadas, papel higiénico...enfim
Mas quase de certeza que te posso ajudar: Em boa verdade, o senhor que te atendeu o telefone pensou que a palavra "técnico" (que requisitaste) fosse uma palavra de código para stripper. Eles normalmente parecem capivaras. E depois deu-se a confusão no teu quarto porque ele muito provavelmente não percebeu onde querias que ele te enfiasse o "mouse". Daí ter chamado o colega para o ajudar,também ele um stripper que normalmente anda mascarado de porteiro mo parque Eduardo Sétimo.Portuguesices.

9-A cena do cuspo provavelmente ninguém percebeu, só o Daniel, que na altura já se estava a rir como se pode ouvir no video, enquanto fechava satisfeito a braguilha das calças.

10 - A cena final sobre o mail enviado tem realmente piada. A única coisa com piada durante todo este filme.Vejo mesmo um português a escrever uma coisa daquelas. E é sempre bonito ver um grupo de fufas bem dispostas. Parabéns.

Conclusão de tudo isto: O brasileiro quando entra numa novela tem de ser sempre o protagonista, mesmo que seja a fazer de atrasado mental.

Ps1: Não me levem a mal. "O português é muito brincalhão". Se vos ofendi de alguma maneira peço desculpa. Não tenho nenhuma avó brasileira mas arranjo uma por menos de 30€ ou duas por 50€ só para poder continuar a brincar convosco.

Ps2 - Espero que gostes da foto que te deixo, uma capivara, para matares saudades do nosso país.

10 comentários:

madalenaroeber disse...

MARAVILHOSO ! DEVIAS SER ESCRITOR. Ias ter muito mais sucesso do que a propria actriz e escritora Maite.... Wonderfull (sim tambem falamos inglês e outras linguas mais....) heheheheh

Muito bom

Carlos disse...

FANTÁSTICO

Portimonense disse...

Nada a acrescentar

Maité já tenho saudades tuas aqui em Portugal..

Ivo disse...

LOL! fartei-me de rir, parabéns pelo texto!

Luis disse...

Está super! Quem diz que não temos sentido de humor?

Zeu_Na disse...

Os meus parabéns! Texto muito bem escrito!

interzone disse...

parabéns.

passo apenas a censura a uma das frases: "Agora falam, como nós, o português."

.. como eu nao falam, nem escrevem de certeza.

a solução para este problema luso-brasileiro parte na declaração da independência linguística.

português fala PT, brasileiro fala BR. assim que digam e escrevam aquilo que, indubitavelmente, conseguem.

... é como a Madeira.. era dar-lhes a independencia e depois que se orientem!

lili disse...

LOL, adorei. Sobretudo a parte do Daniel.

isabel disse...

Fabulástico :p

dani disse...

Bem malhado!